• De onde vem nossas exigências e as exigências impostas a nossa empresa e equipes?

Basicamente elas vem das nossas crenças e expectativas. Nos dias de hoje, somos demasiadamente exigidos e exigentes. As exigências são externas e internas. As externas vindas de outras pessoas, clientes, fornecedores, sociedade e as internas vindas de nossas crenças e expectativas. Mas as únicas que podemos mexer, trabalhar, são as internas, aquelas que nos impomos. A estas temos de dar importância pois nos fazem mal e acabam afetando as pessoas que estão à nossa volta. Elas são fruto de uma infância onde fomos muito exigidos. Fomos exigidos a ser obedientes, estudiosos, educados, certinhos, perfeitos, etc. Não podíamos ser normais, não podíamos decepcionar os pais, os professores…e hoje, nós é que somos exigentes. Aprendemos bem a lição. Mas não se culpe. É como voce torcer pro Flamengo ou Vasco (mesmo sendo de SC), não foi voce que escolheu, te influenciaram e voce adotou como se fosse sua verdade, sua escolha. Com a exigência e outras crenças aconteceu o mesmo.

 

  • Porque somos tão exigentes conosco mesmo e com os outros?

Porque temos medo de errar, de perder, de fracassar, de não sermos perfeitos, de não sermos reconhecidos, de não sermos amados. Porque temos a crença de que se falharmos vamos ser julgados e rotulados. Em consequência nos tornamos nossos próprios carrascos, exigindo somente acertos, somente sucesso, somente o máximo.

 

  • Quais são as consequências de sermos exigentes conosco e com os outros?

Nos tornamos críticos demais, mal humorados, ditadores, donos da verdade, julgadores e as vezes vítimizados. Só nós estamos certos. Acabamos agindo contra nós mesmos. Não aceitamos a nós mesmos e nossas limitações e não aceitamos os outros como eles são. Desenvolvemos emoções negativas que aos poucos vão se somatizando até virarem comportamentos crônicos e doenças. Dentro da empresa é um péssimo negócio, pois num ambiente cheio de exigências, as pessoas não colaboram umas com as outras. O medo impera. Os resultados e a satisfação são sempre abaixo do que poderiam ser se o ambiente fosse de cooperação.

 

  • As exigências são ruins ou servem a algum propósito?

Exigir nunca é um bom negócio. O ideal é solicitar, pedir, preferir, combinar. Mas quando existe uma exigência tipo, precisamos entregar um pedido até tal dia, existe uma exigência de comprometimento e esforço consciente do grupo ou da empresa para com o prazo que o cliente necessita. Neste caso, a exigência pode ser acolhida e dividida entre todos para superar o desafio do prazo e atender o cliente. Neste caso a exigência pode servir para que a equipe se una e vença o desafio. Todos crescem. Esta exigência é diferente. É consciente. É acordada entre todos. Passa a ser uma exigência que PREFERIMOS acolher. É como se fosse uma preferência.

 

  • O que fazer para lidar com nossas exigências e as exigências externas?

Com as nossas exigências o melhor é transforma-las em preferência. Assim fica mais leve a nossa vida. Quando somos mais amigos de nós mesmos preferindo em vez de exigindo, acaba que as coisas se encaixam melhor naquilo que gostaríamos que acontecesse. Quando deixamos de ser exigentes nossa vibração e auto estima se elevam e passamos a vivenciar mais paz, mais abundancia, mais felicidade.

Quando a exigência é externa, não há muito o que fazer, pois não é nossa, é do outro. Quando assumimos a exigência de um cliente por exemplo, já não é mais externa, passa a ser interna, porque compramos a exigência do cliente, aceitamos ela. Temos que ter cuidado em assumir as exigências dos outros. Se fizermos isso, temos de fazer conscientes que podemos aceitar o desafio e não por medo, medo de perder o pedido, medo de perder o cliente, etc…

Quando a equipe acolhe a exigência do cliente todos passam a cooperar para que o desafio seja vencido. Todos crescem como pessoas e o clima fica ainda melhor.

 

  • Dá pra substituir nossas exigências por preferências?

Sim, temos que ser observadores de nós mesmos. Perceber quando estamos exigindo demais de nós mesmos e dos outros. A partir de nos percebermos, podemos ir substituindo as exigências por preferências. Quando prefiro algo em vez de exigir algo, tipo; “prefiro que as pessoas não errem, mas se errarem não é o fim do mundo. Erros são oportunidades de crescimento”, quando mudo esta crença, passa a não incomodar tanto. Mas é fundamental estar atento para as nossas emoções negativas. São elas que revelam que ali existe uma crença limitante. É nessa hora que precisamos acordar e perceber a exigência agindo. Se não acordarmos continuaremos dormindo e deixando as exigências nos pressionar.

Tudo está dentro. Os problemas e as soluções, as perguntas e as respostas. Por isso é tão importante o trabalho individual de cada um. SE OBSERVAR SEMPRE.

Uma dica é aprender a fazer a técnica do ABC desenvolvida por Albert Ellis e ensinada no curso PLO (Programa de Liderança Orgânica), ministrado por Renan Carvalho no Instituto Movimento Orgânico.

 

Frases de Jesus:

“Buscai em 1º lugar o REINO DE DEUS e tudo o mais lhe será acrescentado”  O que é esse Reino de Deus? R: é o nosso interior, a verdade em nosso coração, isentas das exigências e caprichos do ego.