Como sentir Gratidão? A resposta não tem endereço nem receita pronta, muito menos técnicas de Gratidão. Vou contar minha experiência, que se aplica em várias pessoas!

A Gratidão para mim ficou consciente quando além da percepção que comecei a ter de mim mesma, eu comecei a ver a vida de outra forma e a tentar agir de maneira mais leve perante algumas situações e a minha trabalhosa ansiedade. Saindo do piloto automático do “obrigada” e “sou grata” apenas por educação, obrigação e repetição, trazendo um sentimento consciente de que tudo acontece por que era para acontecer e temos a escolha de aprender com isso. Longe de qualquer exemplão de vida, muito estou aprendendo observando a vida e ensinamentos de pessoas que admiro.

Vou dividir aqui com vocês alguns pontos que me levaram a ter uma gratidão consciente, sem troca, sem ser da boca pra fora. Aquela gratidão que nem precisa ser dita, só sentida. Isso não é uma regra, mas pode ser um caminho.

 

  • Olhe para dentro de si

Olhei pra dentro de mim e vi como estava a minha casa, meu corpo, meu estado de espírito. Vi que eu não estava feliz. Não era mais sobre o externo, era sobre mim, faltava o sentimento de gratidão, faltava algo. Eu assumi minha ingratidão.

 

  • Auto percepção seguida de ação

Quando nos percebemos e praticamos uma crítica seguida de ação em cima das nossas emoções, a gratidão vem naturalmente. Na solitude é mais fácil o exercício, mas a prática tem que ser no dia a dia. Porém, tem pessoas facilmente gratas, estas não costumam carregar emoções negativas, como ansiedade, rancor, culpa… e levam a vida com mais leveza, não por não passarem por problemas, mas por viverem a vida de maneira mais otimista e empática com outras pessoas e seus sentimentos. De saber sentir cada emoção no seu lugar, desde uma tristeza até o amor.

 

  • Doe-se, doe amor

    love

Pensar no outro e doar-se ao outro sem troca, sem expectativa, sem está cumprindo uma dívida. Uma das chaves de tirar somente o foco em nós mesmos. O tão dito amar ao próximo é também fazer pelo próximo, pensar no próximo. A prática é natural quando olhamos pra nós.

 

  • Expectativa

Comecei a enxergar o tamanho das expectativas que eu colocavam nas pessoas e nos fatos que eu tinha dificuldade de agradecer, transformando isso em um simples pensamento: Não tenho tudo que quero. 

 

  • Troquei algumas palavras

Hoje tenho mais cuidado com as palavras e com o sentimento que guardo delas, as palavras carregam muitos rótulos sociais e influenciam nossa vida e a vida das outras pessoas. Isso não quer dizer trocar palavras negativas por positivas. Quer dizer transmitir a fala com uma consciência em cada palavra dita pra evitar que o próprio coração endureça e transmita aquilo que as vezes você nem quer pras pessoas.

 

  • Diversão 

Analisar isso tudo no fundo no fundo as vezes dói. Por isso busco trazer de forma mais divertida minha vida. Brinco com meus erros bobos, que fazem parte do meu aprendizado, vou ajustando e toco a vida! Rio dos meus ditos problemas e sigo em frente! 

Enfim, agradeço a vida que a gente ganhou gratuitamente sempre na busca do amor.