Viver experiências ou ficar no sofá?


“Nós somos a soma total daquilo que vivemos”, afirmou Thomas Gilovich, pesquisador da Cornell University. Quando compramos coisas elas estão fora da gente. Quando optamos por vivenciar experiências, elas se incorporam na nossa vida. E, muitas vezes, tornam-se inesquecíveis. Podemos não lembrar da vida que vivemos na semana passada, aquela rotina do dia-a-dia. No entanto, quando tomamos um banho de chuva, vamos a uma cachoeira, passarmos um dia mexendo na horta, caminhamos numa região diferente, enfim, isso fica mais tempo na memória. Mas para isso temos que deixar o conforto do sofá. E agora? É verão. O dia está quente lá fora. Temos coragem de viver algo diferente ou vamos nos manter no ar-condicionado?

Com Regina Hostin, Leandro Heuser e Carlos Henrique Roncalio