Felicidade fragmentada

Ao assistir o documentário Quanto tempo o tempo tem, disponível no Netflix, entendi um pouco mais a busca incessante pela felicidade, presente em nove em cada 10 conversas. A aceleração das mudanças tecnológicas, resulta numa aceleração da vida de quem vive conectado, ou seja, muitos. Estamos conectados ao outro, alimentando conversas paralelas no face, no whatsapp, por email. Mas não pessoalmente. No presencial, permanecemos sozinhos. Abrimos rapidamente cada mensagem ao aviso da máquina, na esperança de que uma resposta ou…

O Bar dos Anos (Feliz Você Novo!)

Eu sempre quis entender o que se comemora na virada de ano. Mas mesmo sem entender, gosto da farra, é legal encher a cara de espumante, fazer barulho, fazer contagem regressiva, pular ondinha, fazer pedidos, abraçar todo mundo e desejar feliz ano novo. Já fiz tudo isso, mas esse ano estava sem nada pra fazer, sem ninguém pra comemorar, então resolvi sair pela rua pra achar um lugar onde pudesse ficar na noite da virada. Faltavam alguns minutos para a passagem…

Boas Festas ! Que nada !

Férias, festas, família reunida, casa de praia cheia, um certo desconforto que “não dá nada”, afinal estar juntos é o que interessa. Três, quatro dias se passam e o ambiente se torna um prato cheio para conflitos aqui e acolá… E quando acontece, precisamos estar atentos à dois personagens que sempre aparecem; a Vítima e o Algóz (que trocam de lado facilmente). Atentos também para os três lados de um conflito; a versão de um, a versão do outro, e…

O que é certo afinal ?…

Outro dia uma amiga me pediu um aconselhamento sobre qual seria o limite da ajuda, ou seja, quando o desejo ou ato de ajudar alguém poderia ultrapassar um limite e começar a gerar uma zona de conforto, ou vitimização, ou mesmo ser considerado a tentativa de se exercer um controle sobre a pessoa. E sua dúvida girava em torno do que seria então, o certo a se fazer. Confesso que foi uma pergunta bem difícil para mim. Primeiro porque procuro…

A Paranoica Epopeia do Pote na Caixa

Um dia o guerreiro entrou numa caixa,e disseram a ele que nela estaria pra sempre protegidoMas, como acontece em toda caixa, passaram pra ele uma missão: buscar os potes deouro postos além do arco-íris.E este é o princípio da epopeia do pote na caixa.Ponha o seu capacete e se prepare, a pista é longa e você precisa pisar fundo!Passar pelos outros e ser o primeiro, porque os potes são poucos pra muitos pretendentes.Sentindo-se pronto, protegido e preparado, o guerreiro pôs-se…

Você Pai (Mãe) ou empreendedor(a), se acha democrático(a)?

  Aposto que você responderia sim a essa pergunta. Se você foi criado no Brasil, na Europa ou nos EUA, eu arrisco dizer, com bastante probabilidade de acertar, que você se comporta mais como ditador(a) do que como democrático(a).  Constatei essa triste, mas libertadora realidade há pouco tempo, por conta da minha busca por autoconhecimento e felicidade.  Durante mais de 25 anos administrei minha empresa da forma mais empenhada possível, com todos os recursos aprendidos na escola tradicional de administração.…

De Quem é a Culpa?

Nosso maior engano é pensar que o que nos acontece é culpa dos outros. Nada escapa da nossa responsabilidade, estejamos conscientes ou não. Criamos ondas a todo instante, com nossos pensamentos, sentimentos e ações. O importante é perceber que tipo de onda estamos fazendo no mundo. Porque as ondas que criamos sempre voltam para nós. Se essas ondas forem de medo, raiva, inveja, avareza, vaidade, egoísmo, carências e julgamentos, não gostaremos quando elas retornarem para nós. Mas se forem de…

A Insustentável Sustentabilidade do Ter

  Em 2011 concluí uma pós graduação em Construção Civil na UFG com um artigo que analisava se o Setor Noroeste, bairro novo em Brasília, era mesmo sustentável e ecologicamente correto como divulgado nas propagandas de venda que o anunciavam como o primeiro bairro totalmente “verde” do Brasil. Desde aquela época comecei a estudar mais as questões relacionadas à sustentabilidade e ao meio-ambiente, tentando entender realmente o que acontece no mundo, qual a relação das ações humanas com a devastação…

Quem Roubou o Meu Tempo?

Essa noite eu dormi mal demaisTentando lembrar onde deixei meu tempoLevantei cedo, ranzinza e marrentoE pra descobrir fui correr atrás Na sala cheguei e vi meus filhos brincandoSem pestanejar já fui logo abordando:- Quem foi o pestinha que escondeu meu tempo?É bom falar logo ou vai ter “coro comendo”! O menorzinho fez cara de choroE a menininha apontou pro maiorEle assustado relutou um poucoSabia que se não contasse ia ser pior – Papai, a gente até fez um planoPra tentar pegar seu tempinhoMas…

Fazer o Mais Fácil ou o Mais Certo?

Em uma das minhas caminhadas reflexivas diárias, lembrei-me de uma passagem do filme Invictus, onde o então presidente da África do Sul, Nelson Mandela, ao entrar no gabinete do governo para iniciar seu mandato, encontra todos os funcionários do palácio com as malas prontas. Por serem brancos, a expectativa geral era de que fossem demitidos, pois assumia um presidente negro, preso 30 anos por lutar pelos direitos dos negros.  Qual seria a atitude mais fácil para Mandela? E você, que…

Vulnerabilidade: esconder ou mostrar?

Há dias venho pensando por que falar para um grande público me assusta. Só de me imaginar no palco e um grupo de cem pessoas na frente, começo a suar. Tentei fatiar esse sentimento que toma conta de mim. Então me imaginei falando sozinha no palco, sem público. Me imaginei também falando com um pano na frente e as pessoas só me ouvindo. Nada disso me assustou. Descubro que o que me apavora é todos estarem olhando para mim.  E…

Felicidade para 1 bilhão de pessoas

Muito interessante esta iniciativa do Mo, esse cara ex Google que está com a meta de 1 bilhão de pessoas felizes até 2029.. Veja neste vídeo: https://www.linkedin.com/feed/update/urn:li:activity:6381824349774667776/ . Em mim surgem várias reflexões e dúvidas diante desta iniciativa. Não em relação à tecnologia, à qual eu não tenho conhecimento de causa para dizer nada a respeito.. Portanto se eles afirmam que a inteligência artificial é isso, e será assim, então deve ser mesmo.. A principal dúvida que surge é em…

Alimento para o corpo e para a alma

Saímos em carreata para um lugar desconhecido. Um dia no sítio, no Baú, em Ilhota. Parada no caminho para comprar o pão caseiro e mais 20 minutos de estrada. Estrada de terra, mas boa, caminho entre os verdes e muitas hortênsias. Ar puro e fresquinho. Na chegada, uma pausa para o café. Entre falas e risadas, o som suave das águas do pequeno riacho competia com o barulho da cidade, ainda presente nas nossas mentes. Um reconhecimento à área e…

Aprender a servir

Servir é uma atitude que engrandece o ser humano. Através do Servir, me sinto gente. O Servir preenche a alma, aquece o coração, dá sentido à vida. Contudo, é preciso saber servir. Ou, aprender à servir. É preciso perceber quando, como e onde o meu servir pode fazer a diferença. Muitas vezes, o servir é apenas ouvir, apenas estar a disposição. A forma mais comum de servir é trabalhar, colaborar, fazer algo para alguém que necessite do que eu posso oferecer.…

Viver e trabalhar com sentido

Você já pensou se sua vida hoje tem sentido? E o seu trabalho, ele faz sentido pra você? Já pensou em quanto tempo de sua vida hoje, está sendo tomado por este trabalho ? Se andou fazendo esses questionamentos é porque talvez alguma coisa em seu trabalho ou sua vida te incomodam, e se não parou pra pensar nisso ainda, talvez é porque nem tempo tenha tido pra isso.  Te convido então pra pensarmos juntos por alguns poucos minutos.   Nós…

Quer fazer a diferença, ame !

Às vezes sinto um certo pesar ao ver o mundo cheio de conflitos entre pessoas, de violências verbais e físicas, de manifestações onde uns prejudicam os outros, de disputas intermináveis por poder, por quem está certo e quem está errado. Soma-se a isso as corrupções, guerras, refugiados e, pasmem, até hoje, em pleno 2017, milhões morrendo de fome na África.  Por mais tecnologia e informação que temos, mais desavenças e sofrimentos parecem surgir no mundo, que parece não melhorar. E nosso país parece ser…

Felicidade consciente

Nós não estamos felizes porque nós achamos que estamos ou porque nós dizemos que estamos, nós estamos felizes porque nós sentimos que estamos, mas principalmente, porque nós sabemos que estamos. Felicidade precisa ser algo consciente em nossa vida. É preciso existir uma consciência, porque senão qualquer sentimento gostoso que temos, nós pensamos que é felicidade. Uma pessoa sob o efeito de cocaína por exemplo, pode dizer e achar que naquele momento está feliz.. Mas todos sabemos que aquela sensação não…

Transição crocante

Quarta-feira, 29 de março, 17h30 Café com Andressa. Minha agenda lembrava que falaríamos sobre a oficina Transição,  criada com base no livro Quando o hoje já não basta, para a  qual Andressa forneceria pães artesanais. Riso fácil, jeito simples. Ela é assim. Cobre parte do rosto com as mãos quando sorri. Conta seus causos sem enrolação. Estudou desenvolvimento de web. Trabalhou na área. Mas um dia tudo mudou. Um dia o chefe chegou e disse: “Você tem muita dívida, menina?…

Onde foi que eu perdi a minha essência?

Quando essa pergunta surgiu, vi que eu estava realmente me enxergando por dentro de novo. Isso em meio a toda loucura que vivi em dez anos de vida profissional, relacionamentos com amigos, família e tudo mais. Começou ali, quando eu quis “ser alguém na vida”, como muitos ensinam para nós desde criança. Comecei já uma vida profissional com esse pensamento condicionado de “ser alguém”! Lá fui eu… Lembro que muitas vezes na vida, no trabalho, em casa fui questionada sobre meus valores e personalidade. “Você não…

Diálogo pra quê?

Ontem assisti um programa de TV, onde o tema era; como dar limites aos filhos quanto ao uso do celular. A repórter perguntou a um especialista, se os pais deveriam impor limites aos filhos e como fazer isso? A resposta do especialista foi: “sim os pais precisam impor limites. Isso deve ser feito com muito diálogo. Deve se conversar muito com os filhos. Eles precisam entender os motivos da imposição de limites.” Fiquei refletindo: e se eu fosse o filho???…

Movimento Orgânico – Ajudamos, inspiramos e influenciamos pessoas para que LIBERTEM-SE DE CRENÇAS, tanto pessoais como sociais, que as impedem de viver,  aqui e agora, a vida que nasceram para viver.